Operação Verão entra em vigor no sistema Anchieta-Imigrantes

Concessionária aumentou veículos, pessoal e estrutura para o período de verão

Operação Verão permanece em vigor até 17 de fevereiro de 2021 (Matheus Tagé/AT)

Em atendimento à definição da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), a Operação Verão começou nesta segunda-feira (21) no Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), e permanece em vigor até 17 de fevereiro de 2021.

Devido ao contexto totalmente atípico por conta da pandemia, a previsão para o período do fim de ano apresenta certo grau de incertezas. No entanto, a concessionária se preparou para todos os cenários usando estrutura de atendimento considerando dados históricos de tráfego no SAI.

Clique e Assine A Tribuna por R$ 1,90 e ganhe acesso ao Portal, GloboPlay grátis e descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Os anos anteriores apontam para movimentação de 380 a 590 mil veículos em direção ao Litoral na semana do Natal (21 a 27/12) e de 420 a 640 mil veículos na semana do Ano Novo (28/12 a 3/1). Para este ano, todas as previsões podem ser imprecisas. Mesmo assim, a Ecovias informa ter reforçado seu efetivo e programado diversas operações especiais de tráfego.

Neste ano, os motoristas que chegarem a Santos pela via Anchieta vão notar mudanças consideráveis na entrada da cidade, entre o km 60 e km 65 da rodovia. Foram entregues três viadutos (nos km 62, km 64+560 e km 65), duas novas passarelas (nos km 62 e km 64+350), além de 5 quilômetros de ciclovia, que ligam o Jardim Casqueiro, em Cubatão, à malha cicloviária de Santos, e 1.200 metros de galeria de drenagem de águas pluviais.

As obras eliminaram o antigo gargalo no trânsito que prejudicava a cidade e o Porto de Santos. Reduziram, de acordo com a Ecovias, em 83% o tempo de congestionamento no trecho, e tem beneficiado cerca de 60 mil motoristas que passam pelo trecho diariamente.

SOS Ecovias

Outra novidade desse ano é o novo canal de atendimento para os motoristas que precisam de socorro na rodovia dos Imigrantes. O SOS Ecovias é um serviço gratuito, ou seja, o usuário não precisa utilizar o pacote de dados de internet do seu dispositivo móvel para acessar o site.

Com a nova plataforma, operando em fase de testes na Imigrantes, o motorista que precisar de qualquer tipo de atendimento poderá acessar o novo site e acionar o serviço, que é recebido diretamente pela equipe do Centro de Controle Operacional (CCO) da concessionária. Na sequência, o recurso operacional é enviado ao local indicado.

Pagamento por aproximação

Os usuários do SAI também poderão contar com um novo meio de pagamento das tarifas nas praças de pedágios. A tecnologia Near Field Communication (NFC) que, sem a utilização de fios e de senhas, permite que pagamentos menores de R$ 50,00 sejam realizados por meio da troca de informações entre dispositivos compatíveis, ou seja, que possuem os sensores NFC, como cartões de débito e crédito, relógios e pulseiras, sem qualquer custo adicional ao motorista.

Em meio à pandemia do novo coronavírus, o meio de pagamento é também uma forma segura de diminuir riscos de transmissão da Covid-19, já que não há contato físico entre o operador da cabine e o motorista. Basta aproximar o dispositivo na máquina localizada fora da cabine e realizar o pagamento da tarifa. Dentre os outros benefícios da nova tecnologia, está a redução de circulação de dinheiro em espécie nas cabines.

Bases avançadas

Duas bases de apoio extras também serão disponibilizadas aos motoristas, sempre que necessário, para que eles possam contar com auxílio mecânico, guinchos, banheiros químicos e água. Elas estarão instaladas nos km 56 da rodovia dos Imigrantes, sentido Capital e no km 41, sentido Litoral, da Imigrantes.

Recursos

Durante a Operação Verão, a Ecovias informa que mobilizará mais de 650 profissionais e 89 viaturas, entre elas: ambulâncias de resgate e UTI, guinchos leves e pesados, veículos para inspeção de tráfego, supervisão e apoio. A equipe de guinchos leves – responsável pelos atendimentos mecânicos e remoção de veículos em acidentes – terá até 64 veículos nos horários de pico.

A Ecovias também contará com uma ambulância a mais (totalizando seis recursos) para auxiliar nos atendimentos médicos durante os períodos de maior fluxo. E uma motocicleta para auxiliar os veículos com algum tipo de pane mecânica, agilizando o atendimento. No Centro de Controle Operacional (CCO), a equipe de trabalho será reforçada no período, com um aumento de até 33% no número de operadores.

Tudo sobre:

Por ATribuna.com.br

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.